Hotel Ibis, João Pessoa

O Ibis João Pessoa situa-se em ponto privilegiado da avenida Cabo Branco, na beira-mar da praia do mesmo nome.

Veja valores das diárias do Ibis João Pessoa.

O hotel permite fácil acesso à agitada Praia de Tambaú (a distância é aproximadamente 3 km), ao altiplano do Cabo Branco (onde se localizam o Farol e a Estação de Ciências) e ao centro comercial e histórico da cidade.

A vizinhança do Ibis é tranquila, com predominância de condomínios residenciais. O hotel situa-se entre o Oceano Atlântico e, na rua posterior, uma ampla área de mata tropical preservada; no trecho de praia defronte ao hotel, pode-se, em algumas épocas do ano, acompanhar a desova das tartarugas marinhas (procure placas indicativas fincadas na areia da praia). Para quem quer caminhar, pode-se aproveitar o largo calçadão a qualquer hora do dia ou da noite e, das 5 às 8 da manhã, pode-se caminhar pela própria avenida beira-mar, que fica fechada para o trânsito de veículos.

Segundo os usuários do site de turismo TripAdvisor, o Ibis foi eleito o melhor hotel de João Pessoa, de um total de 15 estabelecimentos avaliados.

O Ibis, bandeira mais econômica da rede Accor, é um dos poucos hoteis em João Pessoa que é gerenciado por uma cadeia internacional. Isso significa que os padrões do Ibis João Pessoa, tanto em termos de estrutura como de serviços, seguem o mesmo padrão internacional da Accor encontrados em outras cidades do Brasil e do mundo.

O hotel, com design arrojado (o número de andares é limitado pela legislação de João Pessoa – nenhum hotel da beira-mar pode ter mais de nove andares), oferece mobília nova (com condicionador de ar split, TVs de tela plana) em quartos compactos, direcionados para viajantes a negócios; veja fotos do Ibis João Pessoa.

A Accor preocupa-se sempre em manter preços competitivos.

Veja valores das diárias do Ibis João Pessoa.

Veja também outras opções na capital paraibana: hoteis da Rede Nord, para executivos, e Bella Praia, pousada econômica.

Posted in economicos, joao pessoa | Tagged | Leave a comment

Novo hotel cinco estrelas em Belo Horizonte

Belo Horizonte vai ganhar um novo hotel cinco estrelas; a cidade tem necessidade de novos hoteis para atingir a meta da FIFA para a Copa 2014, e mais ainda tem necessidade de novos empreendimentos de alto padrão (o Ouro Minas é atualmente o único hotel cinco estrelas da capital mineira, embora o Clarion Lourdes anuncie ser um cinco estrelas com preço de quatro estrelas).

O novo hotel vai utilizar a estrutura do antigo Hotel Beira-Rio, que começou a ser construído nos anos 1980 mas foi em seguida abandonado, por falta de viabilidade econômica; mais recentemente, o crescimento da demanda no setor levou a recém chegada rede Wyndman a interessar-se pela conclusão do projeto.

Essa semana, contudo, foi anunciado que o grupo brasileiro BHG – Brazilian Hospitality Group comandará o processo de reconstrução; “junto à BHG, estão as paulistas RFM e a Pacific Realty na incorporação. A construção ficará a cargo da M. Roscoe e a idealização do projeto foi do grupo Multipar – ambos mineiros. O projeto de arquitetura e a decoração são dos escritórios FarKasVölgyi, com sede em Belo Horizonte, e João Armentano, de São Paulo.”

O investimento previsto é de R$ 220 milhões; se a cifra se confirmar, será o maior investimento no setor hoteleiro do Brasil nos últimos anos. Haverá vendas de unidades para investidores (ver anúncio), a um valor estimado de R$ 450 mil por suíte; o publicitário Roberto Justus, que participa da campanha de vendas, afirma ter adquirido dez unidades.

O hotel, que receberá a bandeira Golden Tulip, oferecerá 340 novos quartos de alto padrão; além disso, terá um espaço de 5 mil m2 para eventos (o maior entre os hoteis de Belo Horizonte), e será o único a oferecer heliporto a seus hóspedes.

A previsão é que o hotel esteja pronto no início de 2013, a tempo de que seja utilizado já para a Copa das Confederações.

Posted in belo horizonte, cinco estrelas, investimento, novos hoteis | Tagged , | Leave a comment

A falta de novos hoteis em São Paulo

O jornal Valor Econômico publicou hoje uma reportagem sobre a falta de novos hoteis em São Paulo, que seria um dos causadores da alta taxa de ocupação dos hoteis daquela cidade.

Segundo a reportagem, os investimentos no setor hoteleiro estão muito baixos; segundo um representante da consultoria Jones Lang LaSalle Hotels, as incorporadoras estão direcionando recursos para os prédios residenciais e comerciais, que estão com alta demanda, e por isso dão retorno muito mais rápido do que os investimentos em hoteis.

Nos últimos cinco anos, o único novo hotel de porte foi o Higienópolis Hotel & Suítes, inaugurado em abril desse ano; e para os próximos anos, o único investimento anunciado é o da restauração do Ca d’Oro, que foi fechado em 2009 e está sendo reformado para reabertura em 2013.

Enquanto isso, o crescimento da demanda por hospedagem cresce a uma taxa de 5% ao ano, o que significa que seriam necessários aproximadamente dois mil novos quartos de hotel por ano. O resultado disso, não surpreendemente, é que cada vez mais os turistas que chegam à cidade deparam-se com hoteis lotados.

Vários executivos concordam com essa impressão, e sugerem: quem visita São Paulo deve procurar fazer reservas com antecedência; no Brasil, mesmo os viajantes a negócio (que predominam no turismo paulistano) deixam a reserva para a última hora – enquanto que, para viagem ao exterior, o hábito é reservar tanto passagens como acomodação com grande antecedência.

O gerente do Plaza Inn, que está com ocupação média de 80%, informa que os dias mais cheios são de terça a quinta-feira, e adiciona que, naquele hotel, a maioria das reservas é feita na semana anterior à viagem do hóspede. Já o gerente do Quality Suites Long Stay Vila Olímpia conta que, até 2009, era possível encontrar vaga com um ou dois de antecedência, mas desde 2010 a situação mudou, e hoje o hotel pode estar com lotação total em qualquer época do ano.

Em consequência dessa escassez, muitos viajantes são obrigados a se hospedar em cidades vizinhas, como Guarulhos ou a região do ABC, ou então hospedar-se em hoteis de padrão mais baixo, que não disponibilizam reservas pela internet e por isso não lotam tão facilmente.

Caso persista essa tendência de crescimento no turismo em São Paulo, a única saída para quem quer ficar hospedado no hotel ou local de sua preferência ou conveniência é fazer a reserva com a maior antecedência possível.

Posted in novos hoteis, sao paulo | Leave a comment

Ibis Santos

Foi inaugurado no início de novembro de 2011 o Ibis Santos, na cidade de Santos, litoral de São Paulo.

A Ibis é a bandeira de categoria econômica da rede Accor (maior cadeia brasileira de hoteis); o Ibis Santos é o 69º hotel com essa bandeira na América Latina.

O endereço é avenida Washington Luiz, 565, Torre II, a poucos metros da avenida Vicente de Carvalho, que beira o mar da Praia do Gonzaga. A localização é privilegiada: próxima ao estádio da Vila Belmiro, ao Porto de Santos (maior porto do Brasil), ao Aquário de Santos, aos shoppings Balneário e Miramar.

O investimento da Accor foi de R$ 21 milhões; o hotel disponibiliza 162 quartos, sendo dois para portadores de necessidades especiais.

A Accor informou que um restaurante de grelhados (Comes e Bebes Grelhados) operará dentro do próprio hotel; nas proximidades, encontram-se outras opções gastronômicas, como o Baiaku Sushi e o bar Armazém 29.

Para estimar o valor das diárias, simulamos uma reserva para o período de 20 a 22 de novembro (duas diárias), em quarto de casal.

Como se vê, o valor total acaba saindo por R$ 212, mais R$ 2 por dia de taxas de turismo locais.
Esse valor é condizente com o grande número de visitantes a negócios que vão a Santos, mantendo alta taxa de ocupação dos hoteis.

Posted in economicos, novos hoteis, sao paulo | Tagged | Leave a comment

Odebrecht e Accor investem em hoteis em Santos

A conceituada empresa baiana Odebrecht confirmou hoje que inicia ainda esse mês as vendas de um projeto na cidade de Santos, em São Paulo; o complexo incluirá um hotel com 228 quartos da rede Accor, condomínios totalizando 310 apartamentos residenciais, e a nova sede do clube Sírio Libanês (que cedeu por permuta o terreno do projeto), todos com acessos independentes.

A área construída total será de 60 mil m2. O valor do investimento não foi informado, mas o Valor Geral de Vendas de todas as unidades está estimado em R$ 230 milhões, o maior da região esse ano. A Accor, contudo, divulgou que somente a construção do hotel, de padrão 4 estrelas, tem custo estimado em R$ 60 milhões; os quartos serão vendidos a investidores.

Segundo o Sindicato de Hotéis da Baixada Santista, Santos conta atualmente com 1.750 apartamentos de hotéis, num total de 3.905 leitos. Dos 22 hotéis existentes, três foram inaugurados nos últimos três meses (leia sobre o Ibis Santos). Outros oito passarão a integrar a rede hoteleira em três anos.

Entretanto, segundo levantamento da Odebrecht, Santos teria por volta de apenas mil quartos de padrão entre três e cinco estrelas, com 235 mil pernoites por ano; desse total, 91% é ocupado pelo mercado corporativo, negócios basicamente ligados ao porto.

Com o crescimento da exploração petrolífera na Bacia de Santos a perspectiva é triplicar o número de pernoites. A empresa tem expectativa de que haverá grande crescimento no mercado de hospedagem corporativa (que busca hoteis de mais alto padrão), e vê com otimismo o retorno dos investimentos na cidade.

Posted in investimento, novos hoteis, sao paulo | Tagged | Leave a comment

Hotel Casablanca, Fortaleza

O Casablanca é um hotel situado a aproximadamente 300 metros da Praia de Iracema, em Fortaleza. O edifício, com dez andares, situa-se no alto de uma colina, o que facilita a ventilação e permite uma boa vista do mar já a partir dos primeiros andares.

O endereço é rua Joaquim Alves, 194.
A localização é de fácil acesso para a praia do Meireles, onde estão as barracas; com uma caminhada, chega-se facilmente até a feirinha de artesanato da beira-mar.
Ademais, o Casablanca situa-se entre duas movimentadas avenidas (Raimundo Girão e Monsenhor Tabosa), por onde circulam ônibus para todos os pontos importantes de Fortaleza.

Reserve agora um quarto no Casablanca.

A localização é boa também para quem pretende frequentar a vida noturna de Iracema.
É possível caminhar até locais conhecidos como o Pirata, o Lupus Bier e o Armazém, mas dependendo da hora (e do seu estado etílico), pode ser mais recomendável tomar um táxi.
Vale lembrar, a propósito, que o hotel permite que hóspedes tragam visitas para os quartos; se você procura um ambiente mais familiar nessas vizinhanças, visite o Maredomus ou o Iracema Travel.

O hotel, padrão três estrelas, oferece confortos como piscina na cobertura, acesso à internet, salão de jogos, jornais locais. O hotel serve café da manhã na cobertura, e tem um pequeno bar ao lado da recepção.

Nas vizinhanças, há diversos restaurantes. A rua Joaquim Alves é conhecida como rua da picanha, pois concentra diversos restaurantes especializados em carne na brasa, como o Boi Zangado (quase defronte do hotel), o Picanha Iracema e a Picanha do Everardo.

Para estimarmos o valor das diárias, simulamos uma reserva em quarto de casal para uma semana (7 dias) no início de fevereiro:

Como se vê, o valor total ficou por R$ 1001, mais 10% de taxas; ou seja, cada diária sai por aproximadamente R$ 160.

O Casablanca é um hotel com boa localização, boa infraestrutura e bons preços – excelente opção de hospedagem em Fortaleza.

Reserve um quarto no Hotel Casablanca, Fortaleza.

Posted in fortaleza | Leave a comment

Sites de reservas de quartos são melhores que sites de hoteis

Uma pesquisa recente (em inglês) do eDigital, especializado em usabilidade de sites na internet, revelou que a maioria dos sites de turismo não satisfaz as expectativas dos usuários. Logo a seguir, artigo do buuteeq, especializado em otimizar o design de sites de hoteis, apresentou motivos para justificar o porquê da insatisfação dos usuários.

Segundo o buuteeq, a origem da maioria dos problemas está em que os sites dos hoteis são feitos de acordo com os interesses dos proprietários, e não de acordo com as necessidades dos usuários. Na tentativa de conquistar o potencial hóspede, os hoteis incluem muitas informações no site, mas essas informações não são de fácil compreensão.

O exemplo mostrado foi o de uma página do Hotel Hilton:

Como se vê, há muitas informações, dispersas por toda a página, o que dificulta a tomada de decisões por parte do usuário.

Para citar um exemplo brasileiro, vejamos o caso do Ouro Minas Palace, um dos hoteis cinco estrelas de Belo Horizonte; ao tentar fazer uma reserva, somos levados para essa página:

Como se vê, ela também não é muito amigável.

O que poderia ser feito para melhorar a experiência do usuário?

Vejamos o que fez a Booking, empresa especializada na reserva de quartos pela internet, para atender a potenciais hóspedes do mesmo hotel Ouro Minas:

Em apenas uma página, o usuário encontra: endereço (com mapa), opiniões de outros hóspedes sobre o hotel, muitas fotos, lista dos serviços e infraestrutura do hotel, descrição de cada tipo de quarto, políticas de reserva e cancelamento; ademais, há links para diversos outros hoteis de categoria similar (o que seria impensável num site de hotel: ele jamais apontaria links para um concorrente), a fim de que o usuário faça comparações.

Evidentemente, há hoteis que se preocupam mais com a usabilidade de seus sites (a propósito, ver esse artigo sobre O que o consumidor de viagens on-line procura, e esse outro sobre como melhorar o design de um site de hotel), mas é também evidente que sites que se dedicam exclusivamente ao negócio de reservar quartos de hoteis pela internet, como a booking.com, tem mais elementos para prestar um melhor serviço aos usuários.

Posted in tecnologia | Leave a comment

Alerta: Hoteis em Brasília estão ficando velhos

Hoje, dois dos mais antigos hoteis em Brasília foram implodidos: o Hotel das Nações e o Hotel Alvorada, ambos situados no Setor Hoteleiro Sul (essa foto mostra a localização).

No local, serão construídos novos hoteis, o que aumentará a capacidade hoteleira da cidade, já visando à Copa de 2014 (Brasília precisa acrescentar pouco mais de 1.000 leitos à sua capacidade para atingir as metas para a Copa).

A foto abaixo é da Agência Brasil.

Mas o fato dá margem a outra discussão: muitos hoteis de Brasília estão ficando velhos.

Tanto o Hotel das Nações como o Alvorada tinham mais de 30 anos de idade. Foram construídos com técnicas de engenharia já antiquadas, e as regras de segurança eram menos rígidas; isso significa não apenas que instalações elétricas, hidráulicas, de proteção contra fogo, etc necessitam de reformas, mas também que tais reformas são impossíveis (troca de toda a tubulação d’água, por exemplo), ou inviáveis economicamente (atualização do sistema de ar condicionado, ou adaptação a normas ambientais).

Um dos representantes do grupo proprietário dos hoteis declarou: “Estudos técnicos apontaram que não seria possível apenas uma reforma e por isso a necessidade de implodir. Avaliamos uma reforma, mas não vamos apenas dar uma roupagem nova para os hotéis. Para isso era preciso começar de novo senão não teríamos aprovação das normas dos Bombeiros e da Administração de Brasília.”

Como esses, vários outros hoteis em Brasília estão ficando velhos. Diferentemente de outras cidades, onde o mercado obriga os hoteis a se reformarem, em Brasília existem restrições para a construção de hoteis (segundo o projeto original de Lucio Costa, todos os hoteis deveriam ser construídos nos Setores Hoteleiros – iniciativas em contrário geram discussões), e por isso mesmo os hoteis antigos continuam disputando lugar no mercado.

Alguns dos hoteis mais antigos de Brasília são: o Hotel Nacional, o Hotel das Américas (que se situa entre os dois hoteis demolidos), o Carlton e o Airam (que por muito tempo se chamou Eron Hotel), dentre os hoteis de grande porte.

Ademais, todos os hoteis de pequeno porte, que tem apenas dois ou três andares, como o Casablanca, o Aristus e outros semelhantes também são antigos (há mais de vinte anos, o custo do terreno em Brasília começou a subir muito rapidamente, e construir hoteis com essas pequenas estruturas tornou-se anti-econômico).

Nesses hoteis antigos, o espaço dos quartos em geral é maior, mas as estruturas são antigas; a mobília pode ter sido trocada, o serviço pode ter sido atualizado, mas algumas marcas do tempo são indisfarçáveis, como portas e torneiras antigas, piso e parede desgastadas, projeto arquitetônico interno ultrapassado.

Esse é outro fator a ser levado em conta quando da escolha de um hotel em Brasília.

Posted in brasilia, copa 2014, novos hoteis, tecnologia | Leave a comment

Four Points by Sheraton, Curitiba

O Four Points by Sheraton é um dos mais luxuosos hoteis de Curitiba, candidato à classificação de Hotel Cinco Estrelas. Passou por uma grande reforma recentemente, e acabou de completar dez anos de inauguração.

Faça sua Reserva no Four Points by Sheraton, em Curitiba.

Segundo os usuários do TripAdvisor (imagem ao lado), o Four Points é o segundo melhor hotel de Curitiba, de um total de 85 estabelecimentos avaliados.

Situa-se na avenida Sete de Setembro, 4421, no bairro do Batel, um dos mais nobres da capital paranaense.

O hotel encontra-se próximo ao Shopping Curitiba, à Universidade Tecnológica Federal do Paraná e ao estádio do Atlético Paranaense (o que faz dele uma boa opção para quem vem assistir aos jogos da Copa 2014).

Como opções gastronômicos, além de abrigar o conceituado Catanzaro, o Four Points é rodeado de bons restaurantes, como o Tatibana, Chateau de Gazon e o Armazém Italiano.

O hotel disponibiliza 165 quartos, distribuídos por 15 andares.
Serviços são focados nos viajantes a trabalho: piscina coberta aquecida, sauna, business center, massagem (o hotel tem parceria com o spa Tereza Zanchi).
Hóspedes podem contar com todos os confortos esperados de um hotel cinco estrelas.

Simulamos abaixo uma reserva no hotel para uma típica estada de negócios, de domingo a quarta-feira (3 diárias) em março:

Como se vê, a diária mais em conta sai por volta de R$ 440 para casal.

Faça Já sua Reserva no Four Points by Sheraton, em Curitiba.

O filme abaixo mostra uma entrevista com a gerente do Four Points by Sheraton em Curitiba.

Posted in cinco estrelas, copa 2014, curitiba | Tagged , | Leave a comment

Parque dos Coqueiros Resort, Aracaju

Embora o site denomine o local de Hotel Parque dos Coqueiros, trata-se na verdade de um resort (ver diferença entre hotel e resort), com foco em equipamentos de lazer e áreas de convenções, situado próximo à beira-mar de Aracaju.

Reserve agora no Parque dos Coqueiros, em Aracaju.

O Parque dos Coqueiros é o único meio de hospedagem em Aracaju que pode aspirar a obter classificação cinco estrelas.

O resort ocupa mais de 60 mil metros quadrados, com grande parque aquático (ver foto abaixo) e em meio a grande área verde (esse filme mostra macaquinhos vindo comer na mão de hóspedes).

Localiza-se a uma quadra da Praia de Atalaia (a mais frequentada de Aracaju), famosa pela Passarela do Caranguejo e pela agitada vida noturna.

O pessoal do hotel tem alto grau de capacitação e profissionalismo, pois recebe muitas empresas e grupos para simpósios, congressos, convenções, etc; capaz de receber até 2500 pessoas, a estrutura do Parque dos Coqueiros é maior até do que a do próprio Centro de Convenções de Sergipe.

Abaixo, foi feita uma simulação de reserva, para o final de semana de 9 a 12 de dezembro. Para eventos que atraem muitos turistas a Aracaju, como reveillon e Pré-Caju, convém reservar com bastante antecedência.

Como se vê, cada diária em quarto duplo sai por R$ 190, e em quarto triplo R$ 210, mais taxa de 15%, já incluído café da manhã.
Esses valores são próximos aos praticados pelo Quality Hotel Aracaju, outro dos hoteis de bom padrão da cidade.

Faça sua reserva no Parque dos Coqueiros Resort.

Posted in aracaju, cinco estrelas, resorts | Leave a comment